02 Jul, 19

Para que se consiga fazer um projeto de iluminação, por mais simples que seja, é indispensável conhecer alguns detalhes. Entre tantos, o fundamental é conhecer os produtos que fazem a luz e seus efeitos. Por isso é sempre importante consultar um profissional para tirar o melhor proveito do espaço iluminado. A iluminação pode criar efeitos e dar destaques a ambientes e mobiliários e ainda atender as funcionalidades de áreas especificas como cozinhas e banheiros. Por isso reunimos aqui os principais pontos que devem ser atendidos para cada ambiente do seu apartamento. Existem níveis de iluminância para interiores recomendados de acordo com a NBR 5413.

Para um projeto de iluminação adequado o projetista tem que considerar diversos fatores como efeito desejado, tipologia do ambiente, consumo energético, manutenção, altura pé-direito etc. Por isso, comecemos pelas residências. Iluminar residências é trabalhar com espaços multiusos. Começaremos pela Cozinha.

COZINHA

Neste ambiente é indispensável o uso de iluminação abundante e de cor fria, com no mínimo 4000k, pois se trata de lugar de executar tarefas. Para iluminação geral de preferência por lâmpadas fluorescentes. Depois acrescente os detalhes como algum spot sobre cristaleira ou pendente sobre uma mesa de refeição. Enfim ouse conforme seu estilo. Nas bancadas e pias prefira as fluorescentes pois as halogenas podem aquecer e causar desconforto. Preste atenção para colocar luminárias de forma a iluminar o fogão ou panela ou ainda aproveite para colocar uma coifa com design que já venha com iluminação. Cuidado com lâmpadas expostas em cozinha pois vapor e gordura podem prejudicar a iluminação.

SALA DE ESTAR

Um projeto luminotécnico sempre traz suas eficiências energética e garante conforto visual máximo dentro de casa. Para sala de estar a iluminação geral pode até ser dispensada. Pode-se tirar proveito de iluminação indireta de abajures, sancas, painéis iluminados etc.Para sala de estar aqui vão algumas dicas importantes.

Prefira tons mais quentes – Se usa o branco na sua sala de estar atenção. A luz branca é utilizada em espaços comercias, geralmente em banheiros públicos, vestiários ou até em cozinha e lavanderias. Para a sala de estar a melhor opção é brincar com os tons mais amarelados, uma vez que ele agrega conforto visual e aconchego, além de proporcionar um clima intimista.

Ilumine as plantas ou pontos de destaque da decoração – A sala de estar é um dos espaços que sempre recebe o toque do verde. A iluminação deixa o paisagismo encantador em cenários noturnos, uma vez que a iluminação focal nesses elementos imprime uma mistura de luz e sombras com plantas e vasos. Para esse tipo de iluminação use luz amarela e lembre-se de pedir uma orientação do fornecedor para não danificar as plantas. Atente apenas para não colocar luz refletora em ambientes de circulação e sobre as pessoas pois pode esquentar e incomodar.

QUARTOS

Existem tantas variações para esse espaço que fica difícil decidir: discreto ou ousado? Independentemente de sua preferência o quarto precisa transmitir aconchego e bem-estar. É preciso que esse espaço proporcione momentos de descanso. O ideal para quartos é o uso de luz amarela, uma vez que ela proporciona conforto ao ambiente, perfeito para dormitórios.

Uma ótima dica é brincar com as luzes indiretas e diretas. Agora como aplicar tudo isso de forma que adequada? O primeiro passo é respeitar o tamanho do espaço. Sempre que possível, é desejável dimerizar o sistema para tornar mais aconchegante. A iluminação do quarto deve ser setorizada, com uma iluminação geral, preferencialmente dimerizavel. Depois deve-se considerar os diversos elementos. Como uma luminária para leitura ou embutidos de destaque que iluminará diretamente um objeto. Lembre-se de iluminar a parte interna dos armários com luz de boa reprodução de cor como lâmpadas halogenas. Nos closet o mais indicado são as fluorescentes com boa reprodução de cores. Segue abaixo alguns tipos de luminárias que separamos para você conhecer antes de iluminar seu quarto.

Paflon – ideal para iluminação geral do quarto. Permite uma distribuição uniforme pelo ambiente, além de oferecer uma luz menos cansativa e mais agradável. 

Pendente centralizado – uma ótima opção para quartos centralizados, uma vez de oferece a luminosidade central do espaço. Opte por modelos difusos, com tecidos e outros elementos como vidro ou acrílico leitoso.

Abajur – Indispensável para quem curte uma boa leitura antes de dormir, os abajures são bastante utilizados na decoração de vários cômodos do apartamento, pois além de sua praticidade emite conforto e beleza.

As opções para quartos são quase que infinitas, ainda você pode optar por luminárias de mesa articuladas, pendente em cima do criado mudo, sanca de gesso, cortineiro iluminado, lustres, spots e outros. Abuse de sua criatividade, mas sempre tenha o cuidado de não ousar demais e agredir o ambiente.

BANHEIROS

Os banheiros, seja da suíte, o social ou do lavabo, tem características próprias de iluminação, no qual o grande desafio é o espelho. O ideal é que o banheiro receba luz natural, seja através de uma janela ou abertura no teto. A iluminação natural nesse cômodo do apartamento é importante para manter o banheiro arejado, livre de mofo e insetos. Porém isso não significa a exclusão da iluminação funcional, uma vez que ela se torna essencial nos períodos noturnos e em boa parte do dia ou simplesmente pelo efeito estético.

Comece pela iluminação geral. Opte pela luz branca, indireta, para deixa esse ambiente claro e arejado. Foco direcional em alguns pontos também é importante como próximo a banheira ou se houver nichos. Para esses pontos específicos é primordial o uso luz amarela para criar uma clima aconchegante e acolhedor no espaço. No box chuveiro e sobre banheiras evite usar lâmpadas refletoras sem vidro de proteção por conta da umidade, pois o alumínio irá oxidar e perdendo luminosidade. O espelho que merece cuidado especial. Devemos escolher lâmpadas e luminárias com luz difusa para reduzir ofuscamento, que atrapalhará quem esta utilizando o espelho. Um erro comum e colocar dicroicas direcionadas para o espelho. A luz indicada deve vir preferencialmente das laterais, para evitar efeito de sombreamento no rosto, importante para quem gosta de maquiar. A preferência deve ser por fluorescentes com boa reprodução de cores, porque é luz fria e como sabemos, maquiagem é inimiga de calor.

Poderíamos muitos momentos redigindo o quanto a iluminação do apartamento é importante. Quando o assunto é decoração a luminosidade deve ter atenção especial; claro que a escolha dos móveis ajuda muito e combinado com o jogo de luzes se torna um ambiente encantador. Outra dica bem importante é o uso de Leds. Os leds revolucionaram o setor de iluminação, tanto que quase todo mercado faz uso desse produto. Uma de suas principais características é a economia de energia (o consumo é bem inferior comparado a lâmpadas fluorescente ou incandescentes). Uma outra característica é o fato de que o Led não dissipa calor, além de sua longa vida útil. Procure um profissional para te indicar luminárias e lâmpadas leds que atendam as descrições das dicas acima. Existem diversos sites, como a Casa Vogue, que podem te auxiliar na decoração do seu apartamento. Sempre que pensar em decorar o mais importante que buscar conteúdo online sobre o assunto é consultar um profissional que lhe indique o artefato ideal para cada cômodo.

Categorias: Decoração

Assuntos relacionados

Ver todos
Canal

Decoração

Dicas de decoração natalina para apartamentos

Nesta época do ano, diversas pessoas ornamentam suas casas para a chegada do natal e para receber os amigos em um momento de confraternização. Confira como fazer uma decoração incrível e criativa!

Canal

Decoração

CASACOR 2019/2020 – Residência e natureza na mesma sintonia.

Com o tema “Planeta Casa”, uma das maiores mostras de design, arquitetura e paisagismo das Américas reforçou a sustentabilidade e a importância de incluir a natureza no meio urbano em que vivemos.