24 Fev, 23

A hora de comprar um apartamento é sempre cercada de muitos cuidados e dúvidas para evitar transtorno e dor de cabeça.

Considerando as instabilidades e consequente falta de energia que tem ocorrido em Goiânia e no Brasil, nos últimos anos, a presença de geradores em condomínios de luxo, tem aumentado bastante e se tornado um diferencial no processo de compra, principalmente quando o assunto é segurança, praticidade e comodidade.

Você já parou para pensar em quais os principais motivos que levam à queda de energia em um prédio residencial e quais são as principais consequências disso?

Os motivos são diversos e alguns fogem ao nosso controle. Podem ser imprevistos de causa natural por conta de tempestades fortes. Podem ser por mal dimensionamento ou mal-uso, o que gera curtos-circuitos ou podem ser por falha no fornecimento da distribuidora local (acidentes nas redes, capacidade, etc.).

Os prejuízos no fornecimento ou variações de tensão podem acontecer independentemente se o empreendimento residencial é antigo ou não. Claro que quanto mais novo o empreendimento, melhor dimensionado ele estará para as novas necessidades e demandas de equipamentos. O problema é que o corte no fornecimento gera outros agravantes aos moradores e dores de cabeça.

O que para de funcionar com a queda de energia?

Acabou a energia no seu prédio e muitos equipamentos deixam de funcionar? E esse impacto se dá tanto nas áreas comuns como no apartamento. O prédio como um todo sofre com a falta do fornecimento, os elevadores param de funcionar assim como interfones, câmeras de segurança, sistemas de alarme, portões e portas elétricas, iluminação das áreas comuns, como corredores, escadas e o próprio elevador, como já citado.

Esses serviços só serão normalizados com o retorno da energia. Como é algo difícil de prever, o prédio pode ficar alguns minutos ou longas horas no escuro. Alguns prédios residenciais possuem luzes de emergência para áreas comuns, acionadas automaticamente em casos de corte de fornecimento elétrico. Porém nem todos contam com esse recurso. Alguns edifícios mais recentes possuem geradores para atender a área comum, mas não as unidades privativas. Já é um conforto, contudo, não atende aos moradores que estão em casa ou que querem chegar ou sair de suas unidades privadas.

Nos apartamentos, o corte de energia interfere no funcionamento de aparelhos eletrônicos e eletrodomésticos, tomadas, luzes, rede de wi-fi e telefones fixos. Imagina agora morando nos últimos andares no meio de uma partida de jogo com a casa cheia de amigos e acaba energia. Seria um transtorno bem grande. Todos no escuro, sem jogo, sem bebida gelada e tendo que descer vários andares de escada. Além disso, o risco desses equipamentos serem danificados é alto. Se os picos de queda de energia são constantes, por exemplo, podem causar uma sobrecarga no aparelho e consequente avarias em eletrodomésticos, perda de alimentos, etc., gerando prejuízos.

Imagine ainda chegar ao seu condomínio após as compras no supermercado e não poder utilizar o elevador pela falta de energia ou chegar em casa e a geladeira estar desligada. É na falta de energia durante a realização de atividades simples e rotineiras que percebemos o quanto um gerador faz falta. Afinal, se o condomínio possui esse recurso de segurança, o elevador estaria funcionando normalmente durante uma falha no fornecimento assim como cada unidade privativa. Atender área comum é bem interessante, mas poder ficar em casa continuando suas atividades normalmente é um luxo e sinônimo de facilidade e comodidade.

Hoje existem empresas, como a Consciente Construtora e Incorporadora, que já perceberam essa necessidade e adaptou em seus projetos geradores para 100% empreendimento, ou seja, na falta de energia o prédio inteiro, incluindo os apartamentos, funcionam normalmente. Embora o uso de geradores esteja se popularizando cada vez mais, sobretudo em condomínios residenciais de luxo, nem todos conhecem sua eficiência.

Quais os principais benefícios do gerador em condomínios?

Se você morar em Goiânia, com certeza já deve ter tido algum imprevisto ou dor de cabeça com instabilidade de energia e para essas situações a melhor forma de evitar danos é com o uso do gerador de energia. Confira abaixo os 4 principais benefícios dessa solução:

·       Facilidade: Um dos pontos principais é a agilidade para acioná-lo, tornando-se praticamente imperceptível aos moradores. Quando há queda, o gerador de energia é acionado em poucos segundos, automaticamente. Vai parecer que a luz apenas caiu e voltou rapidamente.

·       Economia: O uso não é exclusivo somente em casos de queda de energia. Geradores também podem ser ligados em horários de pico, resultando em economia no consumo elétrico do prédio.

·       Segurança: o uso de geradores também pode garantir a segurança do condomínio e impedir assaltos e riscos de invasões durante as quedas de energia, uma vez que a falta de luz compromete o funcionamento de interfones, alarmes, portões eletrônicos e iluminação, tanto dos apartamentos, como das áreas comuns. Pode ainda garantir uma segurança psicológica, pois evita que com a queda de energia, pessoas fiquem presas na cabine e passem por situações de pânico.

·       Comodidade: Uma das principais vantagens que o gerador apresenta é a possibilidade de sempre fornecer energia, sobretudo quando você mais precisa.

Para mais notícias, continue acompanhando o nosso blog semanalmente e compartilhe com os amigos e familiares! 


Categorias: Investimento

Assuntos relacionados

Ver todos
Canal

Investimento

Consciente Construtora oferece diversas vagas de emprego em Goiânia e região

Os candidatos podem concorrer a oportunidades na central administrativa e também nas obras do World Trade Center Goiânia

Canal

Investimento

5 benefícios que você tem ao morar perto da praça T-23

Além de muita conveniência e diversas exclusividades, essa região do Setor Bueno oferece proximidade ao que é importante para sua família.

Canal

Investimento

Como comprar um apartamento com segurança?

Na hora de comprar um apartamento, você pode seguir algumas dicas incríveis para aumentar a segurança dos seus investimentos.