10 Fev, 22

A Covid-19 mudou a rotina e o comportamento de milhões de brasileiros. Segundo pesquisa da Universidade Estadual Paulista (Unesp), houve um aumento de 28% nos comportamentos sedentários durante os primeiros meses da pandemia, resultado do processo de fechamento de academias e espaços públicos para a prática de atividades como alternativa para conter a disseminação da doença. O dado é preocupante em um contexto em que as atividades são essenciais para manter a saúde física e mental.

Mesmo com as diminuições das restrições, alguns fatores dificultam a prática de atividades físicas, como a falta de tempo, principalmente de pessoas que cumprem uma rotina com carga horária de 8 horas de trabalho por dia. Para proporcionar mais condições de manter a saúde em dia, a Consciente Construtora e Incorporadora e o Sesi firmaram uma parceria para implantar uma academia de ginástica no canteiro de obras do World Trade Center (WTC) Goiânia.

Segundo o coordenador de Responsabilidade Socioambiental da Consciente, Felipe Inácio Alvarenga, a ação deve beneficiar cerca de 50 colaboradores, que poderão desempenhar as atividades de segunda a quinta-feira, das 17h às 19 horas, sob a supervisão de um profissional de educação física. “A ideia iniciou quando um dos colaboradores improvisou um peso com material da obra e percebemos que muitos não tinham condições de pagar ou tempo para frequentar esse espaço. Então, resolvemos fazer essa ação e os trabalhadores terão 41 aparelhos à disposição”, destaca Felipe.

A entrega do espaço foi realizada na segunda-feira (31). Segundo Alvarenga, cerca de 50 trabalhadores da obra já demonstraram interesse em participar da ação e todos passarão por exames médicos antes de iniciar as atividades físicas.

Benefícios para a saúde

O coordenador de esporte e lazer do Sesi Clube Antônio Ferreira Pacheco, André Mendes, destaca que, mesmo os colaboradores desenvolvendo algumas atividades físicas durante a rotina do trabalho, os “exercícios” acabam não sendo sistematizados e não contam com a orientação de um profissional de educação física que direciona a forma correta de fazer o movimento, a postura para evitar lesões e adaptar movimentos para suprir as necessidades do colaborador que já possui alguma lesão.

“Por essa razão, cada colaborador que participar das atividades na academia passará por uma anamnese [entrevista em que o paciente relata o histórico de todos os sintomas sobre determinado caso clínico], onde o professor de educação física irá realizar uma triagem com algumas perguntas para que se possa montar o treino adequadamente, respeitando as necessidades e limitações de cada trabalhador”, detalha André Mendes.

Ele ainda destaca que os exercícios têm por finalidade fortalecer; melhorar a resistência, o condicionamento físico e a consciência corporal; e garantir a disposição do colaborador, diminuindo impactos e sobrecargas sobre as articulações, como coluna, joelhos e quadris. “Além disso, a atividade favorece a melhora do fluxo sanguíneo oxigenando-o com mais fluidez sobre os órgãos, fazendo com que os mesmos também se tornem mais fortes e resistentes, aumentando a imunidade e diminuindo o surgimento de possíveis doenças como obesidade, pressão alta, diabetes, ansiedade e depressão”, completa.

Academia na obra

A instalação de academia em obras não é novidade para a Consciente Construtora e Incorporadora. Desde 2012, a empresa possui o projeto Academia na Obra, com o objetivo de proporcionar aos trabalhadores um espaço gratuito para as práticas de exercícios físicos, garantindo mais saúde, bem-estar e qualidade de vida para quem atua nas obras da construtora. Em 2016, a iniciativa foi premiada durante o 11º Prêmio Top Imobiliário pelo Sindicato das Imobiliárias e Condomínios do Estado de Goiás (Secovi Goiás).

Após o projeto ficar suspenso por quase cinco anos, a iniciativa será retomada com um espaço preparado na obra do WTC Goiânia. Entre os equipamentos que estarão disponíveis aos trabalhadores estão esteiras, leg press, cadeiras extensoras, polias, extensores e halteres.

Segundo André, a parceria do Sesi com a Consciente foi firmada por um prazo de dois anos, com possibilidade de ser prorrogada. Ele ainda destaca que o acordo também pode ser solicitado por outras empresas. “É importante ressaltar que a parceria contará com profissionais adequados e capacitados para a finalidade. Com isso, a empresa só terá bônus no futuro por conta da qualidade de vida dos colaboradores e a redução do absenteísmo ao trabalho”, detalha.

Categorias: Sustentabilidade

Assuntos relacionados

Ver todos
Canal

Sustentabilidade

Consciente Construtora realiza SIPAT 2019 em novembro

A empresa contribuiu com a meta do Hemocentro, atendeu 230 colaboradores e cerca de 40 fizeram a doação.

Canal

Sustentabilidade

Quais os benefícios de morar próximo a praças em Goiânia?

A comodidade de viver perto da natureza, nas melhores localizações e com incríveis conveniências te conecta com os melhores benefícios.

Canal

Sustentabilidade

Coordenador de RSE faz entrega de prêmios da ação Páscoa Consciente

A entrega aconteceu no Centro Educacional Nossa Senhora de Nazaré.