16 Abr, 20

Sabemos que o modelo de trabalho home office vem ganhando espaço no mercado e conquistando vários adeptos, não é mesmo?! Desde empresários, autônomos, profissionais liberais, até colaboradores de empresas que já adotam esse formato, é fundamental ter um espaço em casa dedicado ao trabalho. Mas como adaptar e ter um home office no seu apartamento?

Não é nenhum bicho de sete cabeças e nem inclui gastos exorbitantes. Preparamos esse conteúdo pra te ajudar a encontrar o espaço ideal no seu apartamento e conseguir adequá-lo, para que ele se torne um ambiente de trabalho confortável e personalizado. Quer descobrir como? Vamos às dicas!

Escolha o espaço mais adequado no apartamento

A escolha do local é fundamental para montar seu escritório. Um quarto de hóspedes ou que você apenas guarda algumas coisas, um espaço na varanda, na sala de estar ou até mesmo uma área de serviço maior podem ser locais para se adaptar.

Defina o tamanho do espaço que precisa, pense se ali comportará os móveis que pensou e se você poderá desempenhar suas atividades de forma confortável e produtiva. Locais onde existem menos possibilidades de distração são os mais indicados, principalmente aqueles com incidência menor de ruídos que podem tirar sua concentração ou atrapalhar um telefonema importante.

Além disso, lembre-se que os espaços não precisam ter apenas uma finalidade. O seu escritório pode ser compartilhado com o espaço de jogos, sala de TV e até mesmo a lavanderia. Existem apartamentos com excelentes plantas que possibilitam essa versatilidade dos ambientes.

Pense em móveis adequados e confortáveis

Na hora de fazer a escolha dos móveis para o escritório, nem sempre podemos pensar apenas no design do local. Pense que, para um melhor desempenho, você tem que estar anatomicamente confortável.

Planeje bem o espaço, confira se precisará de gavetas, armários, quadros para organizar ideias e rotina de trabalho e veja como irá encaixar todos esses itens no espaço que você tem disponível. Com móveis planejados, temos a facilidade de fazer grandes maravilhas em pequenos espaços, principalmente quando precisamos de guardar documentos e outros objetos de trabalho.

Dê preferência para mesas com adaptações para notebooks ou computadores. Procure escolher as mesas que tenham espaços próprios para os equipamentos necessários para o desenvolvimento do seu trabalho, com a altura ideal para a visualização da tela no decorrer do dia.

Tome cuidado também na escolha da cadeira. Nem sempre o melhor design é a mais confortável e indicada pra quem vai passar algumas horas sentado. Escolha cadeiras próprias para escritório (com encosto, apoio para os braços, regulagem de altura e inclinação), almofadadas, que irão ajudar na sua postura durante sua jornada.

E para dar um toque especial no seu espaço de trabalho, por que não ter um sofá ou puff para aproveitar nos intervalos e/ou momentos de reflexão e relaxamento no decorrer do dia?! Parar algumas vezes durante o trabalho para refrescar a mente pode interferir diretamente na produtividade, sabia disso?!

Explore iluminação natural e artificial

Um fator bastante importante e que deve ser preparado é a iluminação. Forçar as vistas durante o trabalho pode, futuramente, desenvolver problemas de vista e também dores de cabeça. Por isso, escolha uma luminária para a sua mesa, posicione estrategicamente sua mesa para explorar a iluminação interna e externa.

Se possível, coloque sua mesa em frente à janela. Especialistas dizem que o contato com a luz natural durante o trabalho ajuda aliviar o stress, surtindo bons efeitos na mente e no corpo. Mas fique atento e evite desperdícios de energia. Se a luminosidade que entra pela janela for suficiente, pode desligar a luminária e as demais luzes do ambiente. 

Fique atento ao conforto e ergonomia

Como falamos, a escolha dos móveis não é apenas estética e para deixar seu espaço ainda mais bonito. Você também precisa pensar no conforto e na ergonomia que o seu escritório irá te proporcionar. 

Cuidado com o corpo: observe se ao sentar na cadeira sua postura está correta, se você consegue apoiar totalmente as solas dos pés do chão (caso não consiga apoiar completamente, existem excelentes apoios para os pés), manter grande parte do tempo os braços paralelos ao chão (ficar com os punhos muito elevados para digitar no teclado pode acarretar problemas), além disso, a altura da sua tela não pode fazer com que você curve para cima ou para baixo.

Cuidado com o ambiente: explore a ventilação natural. Se for possível, abra portas e janelas para que o ar circule. Em dias de muito calor, que não é possível fugir do famoso ar condicionado, verifique que você não fique o dia todo com ele ligado (além disso, impacta e muito na conta de energia). Observe os horários em que o calor está maior e procure explorar o ar somente nesses momentos e lembre-se de fechar bem portas e janelas para evitar um consumo ainda maior para resfriar o ambiente.

Evite o que pode te desconcentrar durante sua jornada

Além de ser tentador e atrapalhar a produtividade, alguns itens podem tirar a nossa concentração na hora do trabalho, principalmente em casa.

Evite televisores ligados, espaços com muitas pessoas ou excesso de ruído. Isso parece uma boa ideia para ficar antenado ao mundo e trabalhar, mas na verdade, isso pode distrair, além de sobrecarregar a mente de informações que não serão benéficas em seu home office. Neste caso, só coloque em seu escritório o que realmente for necessário.

Se sua produtividade aumenta ouvindo música, verifique quais são os estilos que potencializam sua concentração. Mas se no seu caso, o mais indicado é o silêncio (ou o famoso som ambiente) certifique que não haverá no seu escritório nenhum ruído que possa te atrapalhar (até mesmo aquela impressora chata que apita a cada 30 minutos).

Tenha momento e espaço relax

É fundamental que, ao planejar e conseguir adaptar seu apartamento para ter um escritório, você pense também que aquele ali não precisa ser um ambiente de 8h, 9h, 10h seguidas de trabalho intenso e sem descanso. Isso nem faz bem para a produtividade. É importante que você tenha momentos de relaxamento e, inclusive, um espaço pra isso.

Por isso, ao pensar nos móveis, sugerimos que você tenha uma poltrona ou um puff para passar esse tempo livre. Porém, caso o seu escritório montado no apartamento não tenha um espaço para esse item, você pode escolher um lugar na sua casa para ter esse momento relax. 

Há inclusive uma técnica desenvolvida por um italiano, chamada técnica Pomodoro, que orienta as pessoas 25 minutos de trabalho intenso, sem distrações e sem desviar os olhos da tarefa. Após esse período, você tem aqueles 5 minutinhos de descanso (mental), que pode ser utilizado pra ligar pra um cliente, ir pegar um café ou ir ao banheiro, por exemplo. Isso influencia, positivamente (e muito), na produtividade no decorrer do dia.


Viu só?! Com certeza há um espaço no seu apartamento que pode ser adaptado para que você tenha um escritório incrível, não é mesmo!? Além de ter um espaço super confortável para trabalhar em casa, você pode aumentar sua produtividade, ter mais conforto e o melhor, sem sair do seu apartamento!

Curtiu? Compartilhe o conteúdo com seus amigos e fique ligado que em breve teremos muitas outras dicas e assuntos pra você! 




Categorias: Decoração

Assuntos relacionados

Ver todos
Canal

Decoração

Iluminação ideal para cada ambiente

Vai decorar seu apartamento novo? Não se esqueça um elemento importante: o design luminotécnico.

Canal

Decoração

Minibar: Como ter praticidade e diversão na sua varanda?

Confira como trazer referências vintage e transformar seu apartamento no melhor espaço para reunir a família e amigos.