15 Fev, 22

Quando chega a hora de comprar um apartamento, é muito comum que você verifique todas as possibilidades e opções de conveniência disponíveis para a unidade na hora da negociação. Seja pela varanda gourmet, opções de apartamentos com piscina no quintal e até mesmo a possibilidade de personalização da planta, é importante conhecer todos os detalhes disponíveis para atender a sua necessidade.

Mas você já ouviu falar em aquecimento de água de um apartamento por acumulação? Sabe como funciona todo o processo para aquecer a água das torneiras e chuveiros de um imóvel?

Uma novidade que vem ganhando força nos apartamentos de alto padrão no Brasil, e agora também em Goiânia, é o aquecimento da água das torneiras da cozinha, das suítes, chuveiros e até das banheiras. Isso traz mais praticidade no dia a dia, além da facilidade de manutenção, da individualização desse processo e até da escolha de qual formato poderá ser utilizado.

Muitos acham que esse benefício vem somente em hotéis, mas você sabia que já é possível encontrar em empreendimentos que oferecem aquecimento de água das torneiras em Goiânia? Sabe quais são os benefícios de ter água aquecida nas torneiras da cozinha?

Continue acompanhando e saiba mais!

O que é o aquecimento de água em um apartamento?

Todo mundo sabe que um banho quente depois do trabalho é um dos melhores momentos para promover relaxamento, calma e até se preparar para repor as energias para mais um dia. Esse costume brasileiro tem abraçado novas tecnologias para proporcionar esse benefício também em outras áreas do apartamento. Alguns lançamentos imobiliários, em Goiânia por exemplo, estão trazendo invocações de altíssimo padrão para ampliar e potencializar esse conforto também em outros espaços da casa. 

Imagine o cotidiano de uma cozinha com a facilidade de utilizar água quente direto da torneira como facilitadora para a melhor higiene de pratos e louças engorduradas, para o preparo de alimentos e até para a higiene dos espaços. Muito além disso, em dias frios, o aquecimento das águas das torneiras das suítes oferece melhor conforto na hora de lavar o rosto, as mãos e até desenvolver atividades cotidianas. Essa é uma ideia bastante interessante, não acha?

Esta é a grande proposta de empreendimentos que oferecem a possibilidade da instalação de aquecedores de águas nos apartamentos na planta: melhorar as oportunidades de relaxamento, conforto, conveniências e até de higiene para os moradores da unidade. Tudo isso, permitindo que o morador regule a melhor temperatura para o seu uso, sem complicações e de forma muito mais prática, através do equilíbrio das águas frias e quentes, oferecendo uma experiência única e exclusiva para cada usuário.

Por que ter aquecedor de água em um apartamento?

Uma das grandes dúvidas de quem vai comprar um apartamento com sistema de aquecimento de água é sobre como funciona e porque isso traz benefícios a curto, médio e longo prazo.

Os sistemas de aquecimento de água podem funcionar de duas formas

  • - Aquecedor de água elétrico: através da supressão por tubos de aquecimento elétrico, a água aquecida fica armazenada em um ambiente, geralmente na laje técnica, que mantem sua temperatura enquanto não há uso. Já em momentos de grande fluxo de utilização, como em banhos, o aquecimento é feito por demanda, claro, seguindo a capacidade máxima de aquecimento do sistema instalado na unidade. Esse formato de aquecimento utiliza a energia do apartamento, entrando em seu sistema de instalação a necessidade de cabeamento e instalação profissional;
  • - Aquecedor de água a gás: comumente utilizado, o aquecimento de água por gás é feito através do uso dos gases GLP (Gás Liquefeito de Petróleo) ou GN (Gás Natural), contribuindo em primeira vista com a economia de energia – mais cara que a reposição e manutenção do gás – gerando economia e conforto térmico idêntico ao aquecimento elétrico.

Se tratando de empreendimentos de alto padrão, como no caso do Casa Brasileira Consciente, o sistema mais comum utilizado é o sistema de acumulação: que utiliza o gás para realizar o aquecimento (através de uma chama). Isso é feito através de um boiler locado na laje técnica de cada unidade, que funciona como uma espécie de reservatório de água quente e que pode armazenar até 300l de água quente. A medida que vai esgotando essa água, ele é reabastecido e começa o processo de aquecimento novamente. Ah, lembrando que cada empreendimento pode colocar padrões diferentes e, por isso, você precisa verificar junto ao condomínio qual o sistema de aquecimento de água que pode ser instalado em sua unidade, ok? 

A operação e manutenção do sistema de aquecimento de água é individual ou do condomínio?

O sistema geralmente é individual, ou seja, cada unidade terá o seu sistema individualizado de aquecimento de água. Importante lembrar que, como as medições de água e gás de cada unidade são individuais, automaticamente, o gás utilizado no sistema de aquecimento e água consumida no dia a dia será tarifado diretamente na conta de gás do apartamento.

Como acontece, na prática, o uso do sistema de aquecimento da água?

Na maioria dos apartamentos de alto padrão, muito praticados em São Paulo, Rio de Janeiro e em Goiânia está previsto a torneira com misturador, ou seja, o sistema terá uma entrada de água quente e outra de água fria, no qual é aciona o registro de acordo com a necessidade e com a temperatura que deseja que a água esteja, tanto nos chuveiros, quanto das torneiras das pias da cozinha e suíte. Assim, você escolhe a temperatura perfeita para o seu uso no momento: água mais quente ou mais fria!

Simples, não é? 

Quais os ambientes de um apartamento que podem ter água aquecida?

Agora que conhecemos como funciona o aquecimento de água de um apartamento, é importante se planejar e entender em quais ambientes você pode adicionar pontos de água quente dentro da sua unidade.

Em tese, todos os ambientes de um apartamento podem ter água quente, potencializando as conveniências desse sistema. Porém, equilibrando os benefícios e a utilização, os ambientes em que se consegue melhor aproveitamento desse sistema são:

  • - Torneiras da cozinha com água aquecida: a cozinha, por incrível que pareça, é um dos ambientes que consegue aproveitar bastante o aquecimento da água de um apartamento, principalmente em atividades domésticas como desengordurar louças, higiene de alimentos e também no preparo de receitas. Isso mesmo. Por meio do uso de água aquecida, o usuário consegue escolher a temperatura ideal, quente, morna ou fria, através do equilíbrio entre a abertura dos registros. Legal, não é?
  • - Torneiras das suítes: esse uso é bastante conhecido mas não custa reforçar. O uso da água aquecida nas torneiras das suítes dos apartamentos proporcionam conforto climático na hora da higiene pessoal, além de relaxamento e utilização rápida sem a necessidade de ligar o chuveiro, como na preparação de toalhas quentes, escalda pés, limpeza da suíte e nos processos de cuidado com a pele.
  • - Chuveiros e banheiras: este é o clássico uso, mas tem um grande motivo. O uso de água aquecida nos chuveiros, um dos vilões das contas de energia, contribui para a diminuição da fatura de energia elétrica, o que favorece a economia ao final do mês. Assim, você consegue ter água quente em qualquer momento do dia, seja no chuveiro ou na banheira da suíte, equilibrando a temperatura de acordo com a sua melhor experiência de uso e desfrutando, sempre que quiser, de experiências incríveis de relaxamento e descanso. Fazer tudo isso e ainda economizar é uma boa ideia, não acha?

O aquecedor de água a gás sai mais barato?

A resposta dessa pergunta é prática: sim!

Claro que depende muito do uso, demandas e do cotidiano da família que irá utilizar o aquecimento de água a gás, mas quando comparado com o cotidiano de uma família que utiliza chuveiros elétricos, dadas as proporções corretas, o aquecimento de água garante a melhor experiência em economia, funcionalidade e também na exclusiva experiência de uso.

Apesar de ter um gasto a mais com o gás que colocará o sistema de aquecimento em funcionamento, atualmente em Goiânia, as tarifas de energia estão bem mais elevadas do que as tarifas de gás, o que impactará no seu planejamento financeiro ao final do mês, devido à economia que você pode fazer.

Pois é, escolher um aquecedor perfeito para o seu apartamento pode ser uma ideia bem interessante. Por isso, entenda os usos que você quer dar para a sua unidade, entenda se você terá mais benefícios com um aquecedor de água elétrico ou o aquecedor de água a gás e realize a instalação em sua unidade. Com certeza, os benefícios e as comodidades de ter água quente em diversos pontos de casa irão te conquistar! 

E aí, gostou desse conteúdo? Compartilhe com quem pode se interessar e não deixe de conhecer os outros conteúdos do nosso blog! 


Categorias: Investimento

Assuntos relacionados

Ver todos
Canal

Investimento

Quais os fatores que influenciam na valorização de um apartamento?

Já pensou o que é importante analisar antes de comprar um apartamento? A valorização do seu imóvel é importante e você precisa saber sobre esse assunto!

Canal

Investimento

O que é o conceito floresta de bolso do WTC Goiânia?

A prática é referência em inovação, reflorestamento e prática da sustentabilidade nos maiores complexos do Brasil.

Canal

Investimento

10 coisas que você precisa saber para comprar o primeiro imóvel

Conheça alguns passos importantes para não ter dúvida ao adquirir um apartamento e fazer um bom negócio.