28 Ago, 20

Hoje, com o aquecimento do mercado imobiliário, está cada vez mais comum encontrar pessoas que querem começar a investir em imóveis. Mas é extremamente importante, reunirmos as informações certas para sabermos se estamos investindo bem. Além disso, é preciso levantar as questões como qual o rendimento real, lucratividade e o prazo de retorno. Então, já parou para pensar sobre como ter rendimentos investindo em imóveis?

Já falamos em outro conteúdo sobre porque em investir em imóveis em 2020 e porque esta modalidade de investimento tem atraído, cada vez mais, os olhares dos investidores. Acredite, com as informações certas, uma boa negociação e o imóvel ideal, você poderá ter um excelente rendimento, além de mais segurança ao investir.

Vamos conferir?

O que é investir em imóveis?

O investimento em imóveis é uma forma de rendimento financeiro bastante conhecida. Ao comprar um imóvel utilizando seu FGTS, poupança, entre outras aplicações, você está investindo seu dinheiro em um bem que, muitas vezes, pode ter um percentual de valorização e rendimentos maior que outros tipos de aplicação do seu dinheiro.

Se você comprou um apartamento em uma região que está em valorização poderá ter rendimentos no futuro quando for efetuar a venda. Isso ocorre pelo crescimento do bairro, alocação de centros empresariais, comércio e facilidades variadas, entre outros fatores que agregam valor ao imóvel adquirido.

Esse cenário se repete em imóveis comprados na planta. Eles apresentam facilidades de negociação, flexibilização no fluxo de pagamento (em algumas construtoras) e, quando finalizados, pode gerar uma valorização grande devido à sua localização, tipologia, demanda e interesse, situação do mercado financeiro, diferenciais do produto, entre outros.  

Mas não é somente comprar e pós valorização vender, que se caracteriza o investir em imóveis. Também há os interessados em geração de receita recorrente, que disponibilizam o imóvel para locação e conseguem, muitas vezes, efetuar o pagamento das parcelas de financiamento somente com o valor do aluguel.

Como investir no mercado imobiliário?

Bom, é extremamente importante procurar se inteirar do mercado imobiliário e de suas nuances quando for investir. É possível encontrar excelentes opções para investir de apartamentos, salas comerciais, imóveis na planta ou prontos para morar, novos e usados.

É extremamente importante que você avalie os seguintes pontos:

  • ·         Localização já possui valorização?
  • ·         Localização está em expansão e terá possível valorização futura?
  • ·         Como está a demanda do mercado em relação à tipologia e localização?
  • ·         Quais são as melhores opções da região que escolhi?
  • ·         Quais são os diferenciais do empreendimento que podem potencializar a valorização do empreendimento?
  • ·         Se for na planta, quando ficará pronto?
  • ·         Qual é o histórico dos empreendimentos da construtora que escolhi?
  • ·         Nos últimos 5 anos, qual foi a média de valorização dos imóveis daquela região?
  • ·         Se for alugar, qual o valor médio de aluguel, de acordo com metragem e tipologia, que é cobrado na região?
  • ·         Se for vender, qual foi a valorização média dos imóveis naquela região no último ano?

Ufa! São essas e outras muitas perguntas que você precisa conseguir responder a partir da sua pesquisa. Procure no Google, ande pela cidade, converse com um consultor imobiliário para se inteirar sobre essas e outras questões, para que seja possível fazer o melhor investimento.

Quando investir no mercado imobiliário?

O momento ideal depende de diversos fatores, inclusive as condições que o mercado e que o investidor se encontra. O mais comum, são as pessoas escolherem o momento de aquecimento de mercado, para aproveitar as baixas das taxas de juros, as facilidades de negociação e a maior possibilidade de conseguir um financiamento com melhores condições, que é o cenário que estamos passando em 2020.

Devido à baixa histórica da taxa Selic, o que tem gerado competitividade enorme entre os bancos e resulta na redução das taxas de juros do crédito imobiliário, os investidores conseguem melhores condições de negociação e juros menor, o que facilita, e muito, a aquisição de um imóvel.

Algumas pessoas possuem também poder de compra à vista, permitindo que sejam aplicados descontos atrativos na hora de adquirir o bem e até uma melhor negociação junto à construtora. É preciso avaliar o momento do mercado, mas também o seu momento. Você conhece suas finanças como ninguém e saberá também melhor que qualquer um, qual é o investimento que melhor se encaixa no seu planejamento financeiro, seja ele mensal ou anual.

Em ambos os casos, quem deseja investir em imóveis deve estar atento aos lançamentos previstos para o segundo semestre deste ano. Com a alta competitividade entre as construtoras e incorporadoras, agora é o melhor momento para conversar e negociar com essas empresas, para garantir as melhores condições.

Onde investir em imóveis?

Primeiro passo: conheça a sua cidade. Conheça os bairros que possuem melhor localização em relação às regiões de grande concentração de empresas, regiões que oferecem maior variedade de comércio e facilidades, bairros que possuem maior demanda de compra ou locação, além de regiões que proporcionem maior qualidade de vida.

Além disso, avalie também o poder aquisitivo dos moradores daquela região e se é um local em que as pessoas moram para estar próximo ao trabalho, ou também ao contrário, que trabalham para estar próximos de casa. Também há casos de pessoas que buscam por locais que ofereçam maior tranquilidade e que sejam silenciosos. Dessa forma, a dica é analisar bem todos os fatores que podem valorizar ainda mais seu imóvel.

Uma das cidades mais promissoras em investimento imobiliário em 2020 é Goiânia. A capital do estado de Goiás está centralizada entre os maiores polos de construção e de desenvolvimento da agropecuária do Brasil. Com bairros conhecidos nacionalmente – como o Setor Bueno e seus centros de trabalho e habitação e o Setor Marista sendo o bairro mais conhecido por ter uma rotina noturna bastante ativa por causa diversidade de bares, restaurantes e casas noturnas – o investimento nessas áreas com o m² supervalorizado garante um retorno de investimento certeiro.

Outra novidade que trará os olhos para a metrópole, Goiânia agora possui aeroporto internacional, que autoriza operar com voos internacionais. Isso impulsiona ainda mais o nosso turismo e a possibilidade de passagem das pessoas pela capital, antes de se deslocarem pra outros pontos turísticos localizados no interior, o que gera mais visibilidade e valorização para a cidade. Uma boa pedida, não é?

Se você tem interesse em comprar uma sala comercial, por exemplo, é importante saber como é perfil daquela região. Se for um bairro afastado, com poucos moradores e acesso restrito, este investimento pode não dar o retorno desejado, já que corre riscos de ficar sem locatário por grandes períodos. Este mesmo imóvel em um bairro de melhor localização, com comércio próximo e grande circulação de pessoas terá maior sucesso e procura, possibilitando melhor rentabilidade com o investimento.

A mesma lógica se aplica aos apartamentos. Pode acontecer de, um apartamento de 3 quartos em bairro afastado que não tem muita procura, não valorizar e não ter uma renda de aluguel tão satisfatória quanto um imóvel numa localização melhor, com diferenciais em suas áreas comuns e com facilidade de acesso às áreas de maior fluxo da cidade.

É importante conhecer também as áreas que irão valorizar. Você pode, por exemplo, adquirir uma unidade em um bairro que é considerado promissor e ganhar bastante com esse investimento, já que você terá uma aplicação inicial baixa e, aguardando o período certo, terá um retorno promissor com a venda deste imóvel.

E você, já pensou em investir no mercado imobiliário de Goiânia? Com um pouco de informações e um bom conhecimento sobre a área onde deseja aplicar investimentos, o sucesso da movimentação financeira é facilitado.

Como calcular o rendimento de um imóvel?

Após entender os fatores iniciais, dúvidas do tipo “como calcular a rentabilidade de um imóvel?” ou “como calcular o valor do aluguel?” podem surgir pra você. Para isso, alguns cálculos básicos podem te ajudar bastante. Quer entender?

Normalmente, o cálculo para saber o rendimento de um imóvel varia entre 0,5% até 1% por mês, o que ao ano acumula o índice de 6% a 8,5%. Este é o percentual de valorização adotado por grande parte dos investidores.

Para exemplificar, vamos tomar como forma um apartamento de R$900.000.00.

  • Cálculo de rendimento ao ano: Para este apartamento, iremos adequar a alíquota de valorização em 8% ao ano. Fazendo os cálculos teremos:

8% de 900.000 = R$72.000

Isso significa que, um investidor que adquiriu um apartamento na planta no valor de R$900.000.00, após 1 ano de entrega, poderá vender este apartamento pelo valor aproximado de R$970.000.00

É importante lembrar que esses valores são aproximados, podendo variar para mais ou para menos, dependendo da localização do empreendimento, ano de entrega, aquecimento do mercado e entre outros fatores.

  • Cálculo de valor do aluguel: Tomando como exemplo o mesmo apartamento, adotando a alíquota de 0,6% ao mês. Temos:
0,6% de 900.000 = R$5.400

Este seria o valor considerado, por especialistas, como o ideal para este apartamento. Vale sempre lembrar que, isso são valores adotados de forma generalista. Você precisa analisar todos os pontos que listamos no decorrer do conteúdo, para fazer uma avaliação e cálculo mais preciso.

Então, você que quer investir no mercado imobiliário e comprar um imóvel, seja para alugar ou para vender futuramente, precisa estar atento à todas as possibilidades que o mercado imobiliário oferece. Fique atento às tipologias disponíveis no mercado, as facilidades de compra e pagamento, ao público-alvo dos seus investimentos... enfim, fique ligado em tudo!

Gostou desse conteúdo? Continue acompanhando nosso blog semanalmente e fique por dentro de informações completíssimas como esta que acabou de ler!



Categorias: Investimento

Assuntos relacionados

Ver todos
Canal

Investimento

4 formas diferentes de realizar investimentos em imóveis

Com um pensamento estratégico e inteligente, é possível investir no mercado imobiliário de maneiras diferentes, mas com a segurança de sempre.

Canal

Investimento

Saiba como calcular o valor do IPTU 2020 em Goiânia!

O pagamento desse imposto ainda gera dúvidas quanto a valores e cálculos para os proprietários de apartamentos.

Canal

Investimento

Confira 5 motivos para morar no Setor Bueno

O bairro é um dos mais conhecidos da capital goiana e oferece diversos benefícios que fazem qualquer um se apaixonar!